Notícias

18 Agricultores familiares de Candói recebem novas moradias

A Prefeitura Municipal de Candói e representantes do Governo do Paraná e Banco do Brasil entregaram no ultimo dia 20 de maio as chaves de 18 novas moradias para agricultores familiares. O projeto recebeu investimentos de R$ 513 mil através do Programa Nacional de Habitação Rural – Minha Casa Minha Vida, com recursos do governo federal, estadual e municipal. 
O prefeito de Candói, Gelson Costa, afirma que o sucesso do projeto se deve ao comprometimento mútuo dos governos estadual e municipal com o setor de habitação popular. “Essa é uma iniciativa que melhora as condições de moradia e trabalho dos pequenos agricultores, o que tem reflexo direto no comércio local e na economia do município. Isso só é possível porque temos tratado estas ações com prioridade, assim como o Governo do Estado”, afirma o prefeito Gelson Costa.
Já, o superintendente de Relações Institucionais da Cohapar, José Boni garante que, “O programa de construção de moradias rurais permite que os trabalhadores do campo tenham mais qualidade de vida e se fixem no campo”, garante Boni.
O evento também contou com a presença do gerente geral da agência do Banco do Brasil de Candói, Newton Bittarello, e do gerente regional da Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Paraná, Arthur Bittencourt Filho.

A produtora rural Eugênia de Vargas, de 52 anos, sempre quis uma nova moradia, mas a renda obtida da produção de feijão, milho e leite nunca foi suficiente. “A gente sempre precisou usar o dinheiro pra pagar outras coisas e nunca sobrou o suficiente para reformarmos ou construirmos uma casa nova”, conta. Com a conclusão das obras, ela comemora a mudança. “Esse é com certeza um sonho realizado na nossa vida”, finaliza.

Projeto
Graças à iniciativa conjunta, famílias com renda bruta anual de até R$ 15 mil pagarão apenas quatro parcelas de R$ 285 ao ano pelos novos imóveis, sendo o restante do valor subsidiado pelo programa. Para viabilizar a construção das moradias, o governo estadual participou ativamente com a assessoria técnica da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) nas obras e a parceria da Secretaria da Agricultura e Abastecimento e da Emater no acompanhamento social dos produtores.

Horário de Atendimento: Segunda à Sexta, das 08:00 as 12:00 e das 13:00 às 17:00