Notícias

Candói reúne quase 100 pessoas em Audiência Pública na UFFS

O encontro foi para debater sobre os impactos causados com a implantação de usinas hidrelétricas no Estado

O prefeito de Candói, Gelson Costa, acompanhou juntamente com todo o seu secretariado a Audiência Pública de Defesa dos Atingidos por Barragens do Estado do Paraná.

O evento aconteceu na tarde do dia 14, nas dependências da Universidade Federal da Fronteira Sul em Laranjeiras do Sul (UFFS).

Com o tema “Hidrelétricas do Rio Iguaçu: Desenvolvimento Pra Quem”? A audiência visou discutir e questionar a implantação de usinas hidrelétricas e o impacto ecológico e social delas para a população ribeirinha. Além do retorno financeiro que não favorece os municípios e populações onde estão instaladas as usinas, qual o capital é arrecadado e investidos em outras regiões ou na iniciativa privada em outros países.

“Todos nós somos atingidos pelas consequências das instalações de usinas hidrelétricas, por isso não podemos deixar de discutir e lutar pelo direito da população sobre o impacto social, econômico e ambiental que essas obras causam”, declara o prefeito Gelson Costa.

Os vereadores de Candói Zezinho Mis, Celso Turok, Mauri Bellé e Sergio Vargas também estiveram presentes, declarando apoio as famílias atingidas por barragens.

O município de Candói teve uma representação expressiva no encontro, com mais de 80 pessoas, incluindo os moradores da Comunidade Ilha do Cavernoso, que em sua grande maioria foram atingidos por barragens em outras localidades, e assim remanejamos para o município de Candói.

 

Luta

Esta audiência em Laranjeiras do Sul é a segunda reunião realizada sobre o tema. Na semana passada aconteceu uma em Capanema e está agendada outra para Umuarama e a reunião final, com a entrega do relatório no Plenarinho da Alep em Curitiba.

De acordo com os deputados presentes, se pretende no futuro a instalação de 250 novas usinas em todo o Estado. 

Em documento que será elaborado através de um relatório em 180 dias, os deputados pretendem levar as demandas da população, das entidades de classe e movimentos sociais para apreciação e tomadas de diretrizes e ações.

 

Frente Parlamentar

Fazem parte da Frente Parlamentar em Defesa dos Atingidos por Barragens os deputados Nereu Moura, Tadeu Veneri, Professor Lemos e Nelson Luersen. Estiveram presentes também entidades da sociedade civil, representantes de movimentos sociais – em especial do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), prefeitos, secretários, vereadores de diversos municípios da Cantuquiriguaçu, reitoria, professores e acadêmicos da UFFS, os próprios agricultores atingidos por barragens.

 

Horário de Atendimento: Segunda à Sexta, das 08:00 as 12:00 e das 13:00 às 17:00